Papoilas Saltitantes
29
Nov

2013

A Arte do Feeling

Por Ponto G - 23

 

Embora não seja dado a lides militares, a "Arte da Guerra", de Sun Tzu, foi um livro que muito me marcou, mesmo admitindo que o li mais cedo do que seria naturalmente suposto...

 

Na ressaca do jogo de Bruxelas, em que o Benfica venceu sem jogar NADA (mas mesmo nada), o que reforça a fragilidade do adversário, mais uma vez o desânimo que me assaltou com mais força, foram as declarações pós-jogo de Jorge Jesus...

Dir-me-ão que já nada do que o homem diz surpreende, e são famosas as calinadas e afins com que amiúde nos brinda...

Nada disso, a meu ver, é comparável a esta falta das mais elementares noções de liderança, de condução de homens, de entender os seus jogadores, os seus (serão?) guerreiros, fazendo a analogia...

 

Rodrigo não teve mérito ao entrar e marcar o golo no final do jogo, quase a frio... não, o mérito foi do feeling do treinador... esse é que importa destacar, na opinião do mestre da táctica...

Fico feliz pela vitória e pelo Rodrigo, que considero ser (mais um) um jogador queimado/subaproveitado por Jesus...

 

Não vale a pena alguém oferecer o livro ao JJ, até porque me desato a rir só de imaginar o master a tentar pronunciar o nome do autor...

Reitero o que venho dizendo... já é tempo de alguém perceber que este exército não está com o líder e isso invariavelmente conduz a derrotas históricas...