O Fantasista
08
Ago

2013

Tutorial 05 - Forwards

Por O Fantasista

 

Hoje temos a tão esperada análise ao sector mais concorrido deste jogo, os Forwards, que, mais uma vez, surgem subdivididos em três categorias: Pringles, Bergessios e Cardozos.

Vinte jogadores, em representação dos vinte clubes que irão atacar a Premier 13/14. Tal como anteriormente, decidi excluir os “óbvios” e concentrar-me somente nas alternativas viáveis (leia-se titulares) presentes em cada um dos plantéis. Naturalmente existem casos em que temos apenas um jogador ao dispor, como o Swansea e o seu novo reforço Bony (M).

 

Os Pringles (£4.5m - £6.0m)

Este, ao menos, ainda veio dar uma perninha à EPL. O saudoso Martin Pringle vestiu a maglia do Charlton em duas ocasiões, Janeiro de 1999 e Agosto de 2000. 

Com Andy Carrol ainda lesionado e sem qualquer minuto de jogo nesta pré-época, o maliano Maïga (£5.0m) do West Ham United é o exemplo perfeito do que pode ser um punt de inicio de época. de época. CAR, @NEW, STO, @SOU, EVE e @HUL nas primeiras seis jornadas, completam o ramalhete. Dois dos clubes promovidos, Crystal Palace e Hull City, contam com os novos reforços Gayle (£5.0m) e Sagbo (£5.0m) respectivamente. O ex-Peterborough, Dwight Gayle, custou £4.5m ao Palace e estará encarregue de fazer esquecer o melhor marcador do Championship 12/13, Murray com 30 golos - arredado dos relvados até dezembro com uma ruptura do ligamento anterior cruzado. O costa-marfinense Yannick Sagbo enfrenta um duelo a três com Danny Graham (ex-Swansea e ex-Sunderland) e Aluko que transita do ano anterior com um registo admirável, 8g e 4a nos primeiros 16 jogos no clube. O inglês é o mais caro mas creio que serão os africanos a vencer este royal rumble, nomeadamente o ex-Evian (novo clube preferido dos jornalistas portugueses).

O mais recente avançado do Cardiff City não é aquele típico sueco “espadaúdo”, moreno e com nome de aperitivo salgadinho, Cornelius (£5.5m) é mais um tanque dinamarquês, autor de 18g em 32jgs ao serviço do København em 12/13. Apesar do mau calendário inicial, será o target man do 4-5-1 de Mackay.

O ex-internacional francês, Anelka (£5.5m), é o reforço mais sonante do WBA (o seu sexto clube na Premier), e como prova vejamos o seus números de pré-época: 6g em 6jgs. O calendário conta, e SOU, SWA e SUN nas primeiras cinco jornadas só pode significar luz verde. Steve Clarke adora o 4-3-3, ideal para o avançado que já foi bota de ouro na época 08/09. Um único senão, a idade. Veremos se aos 34 anos ainda tem pedalada para realizar épocas com 38 jogos.

A fechar reunimos um quarteto que, na última época, conseguiu reunir duas particularidades: jogar menos de 2400min e alcançar mais de 100pt. Weimann (£6.0m) com 7g, 4a, 13pb que resultaram em 105pt em 2243min, Ruiz (£6.0m) que somou 4g, 10a, 10pb para 108pt em 2383min, Rodriguez (£6.0m) dono de 6g, 8a, 7pb para 108pt em 2180min e ainda Crouch (£6.0m) responsável por 7g, 6 a, 24pb para 128pt em 2322min. Assim, por um avançado de £6.0m podemos esperar uma média corresponde a 2282min (o equivalente a 2/3 de época) e 112pts ao longo de uma época. Neste grupo, excluindo Peter Crouch, temos um trio que realizou a sua primeira temporada completa ao serviço de um clube da EPL, portanto será de esperar uma evolução dos seus retornos ofensivos.

 

Os Bergessios (£6.5m - £7.5m)

Os portugueses bem podem agradecer ao avançado ex-índio, o argentino Bergessio. Agora todos sabemos como posicionar a linha da frente do onze a fotografar no inicio de cada desafio, aquela perna ligeiramente flectida a evidenciar o adutor. Obrigado Gonzalo!

Hooper (£6.5m) é o mais barato deste escalão. O mais recente reforço do Norwich chegou após três jogos em branco do ex-Sporting Ricky Van. Chris Hughton não perdeu tempo e foi buscar o novo Wayne Rooney ao Celtic Glasgow. Na época passada brilhou com 19g e 8a em 32jgs na liga escocesa, e encontros frente a EVE, SOU e AVL, mais @HUL podem significar um arranque fortíssimo para os lados dos canários.

Subindo um degrau temos três futebolistas em situações bem distintas, isto apesar de possuírem o mesmo valor na etiqueta. Koné (£7.0m), Aspas (£7.0m) e Altidore (£7.0m) podem, neste inicio de liga, ser titulares inesperados no centro do ataque das respectivas equipas. Arouna Koné – 11g e 5a no Wigan – parece ser o favorito de Roberto Martinez. Após um ano de estreia acima da média, espera-se que o atleta da Costa do Marfim consiga superar o total de 12/13 fazendo com que o seu valor dispare para níveis nunca antes vistos. Jozy Altidore estreou-se na EPL em 09/10 pelo Hull City, e não deixou saudades (1464min, 1g e 7a). Agora o reforço do Sunderland surge após uma época estonteante, 31g em 39jgs na liga holandesa. O seu colega Fletcher continua lesionado (desde Abril) e as três primeiras jornadas são bem apetitosas para o bisonte americano – FUL, @SOU e @CPL. A fechar o trio temos o ex-Celta Iago Aspas, que está a realizar uma pré-época genial, 5g em 7jg. Suarez cumpre seis jogos de castigo, e Sturridge só regressou aos treinos esta semana, portanto a titularidade parece garantida, pelo menos na 1ªjornada frente ao Stoke City.

Na parcela seguinte surge um goleador daqueles, Džeko (£7.5m). Na EPL, o bósnio possui as seguintes médias desde 11/12: 14g, 6a, 15pb, 133pts em 1665min (meia época!) -  um potencial RVP. Agüero está também ele de regresso aos treinos, após um problema no joelho, mas parece arredado da primeira jornada. E com 4g em 4jgs nesta pré-época, Pelegrini terá que optar entre ele e Negredo para a posição de ponta de lança. O espanhol é £2.0m mais caro, logo uma posta em Edin Džeko poderá traduzir-se em totais explosivos – nas 8 jornadas iniciais só defronta duas equipas do Top-6 (United e Everton, ambos em casa).

Finalmente uma contratação por parte do Newcastle, o avançado Rémy (£7.5m) do QPR. Em ano de estreia, chegou em Janeiro de 2012, facturou 6g em 12jg a titular. O francês tem a particularidade de poder jogar em vários sistemas, nas alas de um 4-3-3, no par atacante de um 4-4-2 ou sozinho na frente de um 4-4-1-1. O seu potencial reside na sua velocidade supersónica, e para tal terá que se manter afastado das pequenas lesões (rupturas e estiramentos musculares).

 

Os Cardozos (£8.0m ou mais)

Sobre este há muito pouco, ou mesmo nada, a dizer... mas posso deixar esta nota: o Norwich adiantou-se e escolheu o gajo errado.

O tanque belga do Chelsea, Lukaku (£8.0m), será um dos que só pode beneficiar sob a régua de madeira do Happy One. Ao serviço do WBA, 17g, 7a e 21pb em apenas 2005min (7.2pt/90min). Na pré-época 4g e 2a. Se Rooney não assinar, poderá ser a pechincha desta época.

Segue-se Bony (£8.0m), o novo striker do Swansea – 46g e 14a em 65jgs na Eredivisie ao serviço do Vitesse. O menino de vinte e quatro anos só sabe fazer uma coisa, meter a bola na baliza. Fortíssimo nos lances aéreos e muito eficaz no 1x1, raramente falha quando aparece isolado. As suas movimentações, fizeram-me lembrar Romário em alguns momentos da época passada. Outro que pode vir a dar muito que falar, apesar do arranque complicadíssimo nas primeiras quatro jornadas -  MUN, @TOT, @WBA e LIV.

O Arsenal reforçou-se muito mas não o suficiente para fazer esquecer Robin Van Persie. Na época passada, Giroud (£8.5m) foi a cara desse falhanço com apenas 11g e 4a. Este ano parece mais ambientado, e os golos já começaram a pingar (6g em 6jgs). Mesmo que Suárez venha a ser contratado, as primeiras seis jornadas estão por sua conta pois o uruguaio estará a cumprir castigo. Só o Tottenham parece causar dificuldades nos nove desafios iniciais da equipa de Arsène Wenger. Para quem aprecia as qualidades do francês, esta é uma oportunidade a explorar.

A finalizar temos dois jogadores que podem acabar no Top-5 da Fantasy EPL 2013/14, Soldado (£9.5m) e Rooney (£10.5m). O sonante reforço garantido por André Villas-Boas tem o pedigree dos pontas de lança, 82g em 141jgs pelo Valência nas últimas três épocas. A sua prestação nos Spurs está dependente da eventual saída de Bale, faltando ainda vinte e três dias para fechar o mercado, veremos como evolui esta situação. O potencial está bem presente e se AVB conseguir manter o galês no clube, estes poderão ser candidatos ao Top-3 da Premier. O ainda jogador do Manchester United é o elemento ideal para fechar este capitulo. O inglês tem duas opções: tal como Cardozo pede desculpas e fica ou então sai relançando a sua carreira no Chelsea. Uma coisa é certa, o seu valor este ano está cotado por baixo. Wayne já por duas vezes totalizou pontuações acima dos 220pts, suficiente para Top-3 na última época. Portanto, se ficar temos uma verdadeira alternativa a RVP. Se sair, será um titular indiscutivel no seu novo clube e estão reunidas as condições para bater o seu anterior recorde – 230pts em 11/12.