O Fantasista
08
Jul

2014

Semi-Finals

Por O Fantasista

 

Chegados à fase dos duros é sempre bom relembrar o histórico desta competição tão peculiar. A vasta experiencia nestas andanças é algo que irá pesar nas escolhas do vosso Fantasista. E se as quatro Selecções estão mais do que habituadas a disputar semi-finais, o mesmo não se pode dizer do derradeiro jogo da competição.

Um dia a FIFA decidiu acabar com a chamada segunda fase de grupos na fase final do Mundial de Futebol, passando ao formato actual das eliminatórias. Abriram a cancela em 1986 no México, e passados 28 anos, 8 campeonatos (3 nas Américas, 3 na Europa, 1 em África e 1 na Ásia), nunca podemos assistir a umas meias-finais com dois representantes sul-americanos. E para reencontrarmos duas destas entre os quatro primeiros classificados teríamos que recuar 36 anos até '78, curiosamente no continente americano, onde a anfitriã Argentina venceu uma Holanda cruyffless e o Brasil terminou no pódio.

Finais? Sim, existem. Em 1930 e 1950, ambas ganhas pelo Uruguai frente a Argentina e Brasil. E sim, as duas em território sul-americano. Uruguai e Brasil, respectivamente.

A melhor stat é mesmo a seguinte: os 7 Mundiais organizados por países do continente Americano foram todos ganhos por representantes da América do Sul, sempre com direito a bis. E em 3 dos 4 lá realizados, a equipa da casa participou na Final. Uruguai e Argentina não desperdiçaram, o Brasil sim. O tal Maracanaço. Mesmo sem o Júnior e o Capitão Silva, só pode dar Brasil hoje. Certo?

Pelo menos as estatísticas dizem que sim. Ah, em 2014, a Alemanha não venceu, no tempo regulamentar, os dois jogos realizados no horário nocturno (2-2 @ GHA e 0-0 @ ALG). Karma?

 

Mas deixemo-nos de m****s e passemos aos jogadores.

Os mais pontuados estão mais do que identificados, resta-me sinalizar os possíveis diferenciais. Holanda e Alemanha parece-me ser os teams mais estáveis, mas Brasil e Argentina vão oferecer soluções interessantes.

No primeiro dia Dante (€5.5m) deverá substituir o castigado Thiago Silva. O seu preço permite-nos poupar €2.0m no acesso ao eixo central da zaga brasileira (11pts/jg tendo em conta as prestações de Luiz e Silva).  Fernandinho (€6.0m), talvez o principal responsável pela revitalização do futebol apresentado por Felipão, só calçou a titular em dois desafios mas possui uma agradável média de 9.6pts/90min.
 
Na quarta-feira surge outro menino do City que ajudou, a par de Lucas Biglia, a melhorar consideravelmente a defensiva de Sabella. Demichelis (€5.0m) facturou uns estonteantes 13pts na estreia. Mel!

É caso para dizer, finalmente! Sim, Enzo (€5.0m) está para ficar. O melhor sacador de faltas do futebol Mundial, e do plantel composto pelos 23 argentinos, passa a titular indiscutível com a lesão do Di. Excelente recuperador de bolas e sempre capaz de meter um wonder goal, este jovem fará tudo para finalizar mais uma transfer milionária do SLB.

Para o final, as premissas que não podem deixar de ter em conta na construção do vosso plantel:

 - 1 keeper, entre Cillessen e César
 - 6 ou mesmo 7 defesas centrais, para utilizar 5 e maximizarem a melhor posição deste jogo
 - 5 médios, Wijnaldum devido ao preço e três que joguem na 3ªF
 - 2 avançados, Messi e mais 1