O Fantasista
19
Abr

2013

Hora dos Homens

Por O Fantasista

 

Após um cruzeiro aos fiordes Chilenos o Fantasista está de volta!

 
A Gameweek 34 traz um par de desafios entre o Top 7 da EPL, e como tal vamos evitar escolher jogadores presentes na matiné de domingo. Sendo assim temos que aproveitar os desafios de sábado, sete no total, todos no mesmo horário.
 
Como portero voltamos a apostar no ex-guardião do United, Foster ($5.0M). O Newcastle continua muito afectado pelas lesões e aparece nas Midlands algo ressacado após a penosa derrota caseira frente ao seu maior rival, Sunderland. Pardew perdeu os últimos quarto jogos como visitante, marcando somente dois golos. É certo que a equipa de Steve Clarke sofreu golos em todos os últimos sete jogos caseiros, no entanto este referiu que uma estratégia mais tight poderá estar na calha.
 
Na defesa, e como sempre optamos, por elementos que possam pontuar em ambas as balizas. Turner ($4.2M), com dois golos em duas jornadas, surge naturalmente no trio defensivo. Titular indiscutivel desde a 17ª jornada, parece talhado para mais uma boa prestação frente ao último classificado – Reading.
Evra ($7.4M) apresenta 5cs em 10 jogos e é o 2º jogador mais pontuado do Manchester United com 141 pts (4,7 p/g). O ataque do Villa tem-se destacado recentemente, mais uma razão para que o Sir não opte pela rotação nos elementos defensivos garantindo assim a sua titularidade (falhou apenas 2 jogos nas jornadas 30 e 31).
Mbia ($4.9M) tem estado fora do radar, mas com 2 assistências em 3 jogos oferece repentinamente uma possibilidade com estupendo valor. Classificado como defesa mas a jogar como médio no 4-4-2 do QPR, o françês poderá ser fundamental no jogo de sábado frente ao Stoke. A equipa de Pulis tem somente 2 golos marcados nos últimos 7 jogos e também 2 nos últimos 6 jogos como forasteiros...
 
No middle of the park escolhemos um quarteto variado mas com a forma e historial do seu lado. Sessegnon ($6.9M) com 3g, 1a e 5pb em 7 jogos estará certamente motivadissimo com a chegada de Paolo Di Canio. A sua exibição, e já agora a do italiano, em Newcastle deixa antever que o homem do Benin está de volta ao seu melhor (7g e 12a em 11/12 na EPL). O Everton de Moyes não será o adversário ideal, mas isso pouco interessa pois espera-se uma recepção estrondosa para a estreia de Paolo em Sunderland.
Segue-se a surpresa da época, Michu ($8.0M). Voltou aos golos, 2 em 2 jogos, e após 15 dias de descanso apresenta-se bem fresco frente a um Southampton que tem dificuldades em manter clean sheets, 6 em 33 jogos.
Gerrard ($9.7M) é já o 5º classificado na pontuação geral, 177pts, resultado de 10g, 12a e 21pb. É dos poucos totalistas da EPL e conta com uma stat fantástica: em 10 jogos frente ao Top 6 marcou ou assitiu em 7 deles. Curiosamente apenas não "pontuou" nos dois despiques frente ao Arsenal e com o próximo adversário - Chelsea.
O quarto centrocampista é um dos meus favoritos, Snodgrass ($6.3M), que confirmou a sua subida de forma ao participar no golo de Turner no Emirates. Mais uma vez, e só para realçar, o adversário é o Reading...
 
No tridente ofensivo temos escolhas para todos os gostos. Van Persie ($13.6M) repete a nomeação da semana passada. 2 golos em 2 jogos reflectem a sua tentativa de garantir mais uma vez o titulo de melhor marcador. Defronta uma das piores defesas da EPL e como tal o retorno explosivo pode estar na calha. O capitão para muitos dos participantes na Fantasy da EPL.
Carroll ($8.2M) está em grande, 5g e 9pb em 9 jogos, sendo que nos últimos 4 jogos caseiros marcou ou assistiu. O adversário é o Wigan, e tendo em conta que o West Ham só não marcou em 1 dos seus 16 jogos caseiros, as perspectivas não podiam ser melhores.
A fechar o onze titular temos Rodriguez ($5.2M), titular em 9 dos últimos 10 jogos, soma nesse mesmo periodo 4g, 6a e 6pb. O Swansea sofreu golos em 8 dos últimos 9 jogos no Liberty.
 
 
11 da Semana
Foster
Turner; Evra; Mbia
Sessegnon; Michu; Gerrard; Snodgrass
Van Persie; Carroll; Rodriguez
 
Banco
César; McAuley; Kagawa; Lukaku
 
Posta Mágica
Em apenas 643 minutos, Daniel Sturridge ($6.7M) já leva 42pts, 4g e 3a ao serviço do seu novo clube,o Liverpool, para uma média de 5,8 pontos por cada 90 minutos.
Sturridge vai finalmente poder descarregar toda a sua frustração por ter trocado prematuramente (2009) o seu clube de formação Manchester City, pelo cintilante Chelsea. O sobrinho de Dean nunca conseguiu assegurar a titularidade no clube londrino, acabando mesmo por ser emprestado ao Bolton. Conquistou um Campeonato (2009/2010), 2 FA Cups e a Uefa Champions League em 11-12, mas este é um daqueles casos em que o currículo não corresponde minimamente ao tempo de jogo verificado nesse período.
Nos primeiros dias de 2013 assinou pelo renovado Liverpool. Rodgers parecia ter a fórmula certa, na estreia, saltando do banco, e em breves 5 minutos, Sturridge facturou. Seguiram-se 4 jogos em que contabilizou 3g e 2a. Algumas pequenas lesões musculares, já habituais ao longo da sua curta carreira, impediram a sua utilização frente a WBA, Wigan e Aston Villa impossibilitando assim uma série de retornos mais consistentes. Na jornada passada, com 90 minutos muito bons frente ao Reading, foi algo infeliz ao abandonar o relvado sem qualquer ponto ofensivo.
Este domingo o adversário é o seu ex-amor Chelsea, e como tal terá a oportunidade perfeita para mostrar que merecia mais oportunidades nos Blues.