O Fantasista
02
Mai

2014

Gameweek 37

Por O Fantasista

 

O top das transferências explica muito bem qual foi o erro do Fantasista na semana passada. Agora o caminho só pode ser diferenciar-me dos que ocupam a pole position. Nada como uma jornada dupla para aplicar tal estratégia.

A nível das várias leaderboards, na nossa liga do 11para11 a luta pelo segundo lugar continua ao rubro, 38pts separam o sexto do segundo classificado. Na tabela nacional, Sumol FC consolidou a liderança. Na geral subiu ao 21º lugar, a 64pts do trono. Veremos se tem a coragem para arriscar no Overall, ou se prefere resguardar a vitória em Portugal?

Nós, claro, continuamos ao ataque. Aqui ficam seis punts, (quase) todos eles com 5% ou menos de taxa de utilização, só para “fazer Taça”.

 

Guzan (£5.1m) – Surpreendentemente é neste momento o atleta do Aston Villa com mais Fantasy Points, 122, o que nos ajuda a perceber o 16º lugar ocupado na tabela classificativa. O único totalista de Paul Lambert possui uma média de 2.75 saves/jg, registando 9cs em 36 jogos. O potencial para um shutout é claro pois defronta o 6º pior ataque forasteiro. Um delicioso Hull City. A manutenção dos pontos por “paradas” pode continuar na viagem a Manchester. Todos sonham com uma goleada dos Pellegrinis, mas Bradley Guzan pode sempre ter um daqueles dias à Schwarzer!

Demichelis (£6.1m) – Seleccionado por apenas 1.8% mas com a melhor média point per game do sector defensivo do Manchester City, afinal o Martín, com 4.5pts/jg, é mesmo essencial naquela defesa. Totalista sempre que titular, em 28jg alcançou 10cs, marcou 2g, assistiu mais 2 e conquistou 12bps. Entre os meninos bonitos de Pellegrini é o que apresenta melhor relação pontos/custo. É o mais barato. E o menos utilizado no nosso Universo.

Dorrans (£4.4m) – Desta vez, e em detrimento de Almafitano, apostamos neste talentoso médio escocês. A sua qualidade é inquestionável. A comprová-lo o excelente golo marcado ao City. Em três toques, domina de direita, pica sobre Clichy com o mesmo pé, e finaliza de canhota. Tudo de primeira. Inside the post and in. À craque. Escolhido por apenas 0.3% e decisivo na marcação da maioria das set-pieces, assumo o risco.

Wickham (£4.7m) – O texto da semana passada caiu-lhe no goto e o rapaz decidiu retribuir com mais uma exibição de classe (2g, 1a e 3bps). Um total de 49pts nos últimos 3 jogos garante-lhe o estatuto de in form forward! Sabemos como decorreram os jogos no Etihad e em Stamford Bridge. Será Gus Poyet capaz de sacar mais uma surpresa? O United, o de Moyes, perdeu 6 em 16 em Old Trafford. Destaco ainda a recepção ao West Brom, equipa que sofreu 3 golos em 3 dos últimos 5 jogos. O Sunderland poderá garantir a manutenção já nesta DGW37, provavelmente apoiado nos retornos explosivos de Connor Wickham.

Jelavić (£6.5m) – O seu parceiro de ataque lidera o fluxo de transfers in, 4670 contra 778. Long, a full £1.0m cheaper, tem feito pender a balança para o seu lado, mas aqui o Fantasista julga saber algo que os “outros” não sabem: apesar da fraca produtividade do Hull em jogos away, 9 golos nos últimos 5 jogos. Jelavić marcou 55% dos mesmos e beneficiou de mais 8bps! Mais: desde janeiro, só sabe facturar fora do KC Stadium. E sim, são duas viagens nesta double gameweek 37. Com 2.8% torna-se num punt bem agradável.

Van Persie (£13.5m) – Isto claro se o Ryan jogar a Fantasy EPL e estiver com dificuldades para ganhar a sua mini-league! Ok, ainda está presente em 14.5% dos planteis da Fantasy. Mas convenhamos que muitos destes devem ser maravilhosos ghostships naufragados após uma ou duas gameweeks mal conseguidas – aka "Os Tenros". O melhor marcador das últimas duas edições da EPL não se tem sentido feliz neste seu segundo ano em Manchester. Mas Moyes is gone, long gone, pelo que Robin tem aqui a sua chance de limpar a cara e preparar-se para mais uma tareia portuguesa num qualquer quartos-de-final no Mundial Brasileiro do próximo mês (pois é, está quase). É o diferencial! O Capitão para o verdadeiro gambler.