O Fantasista
04
Abr

2014

Gameweek 33

Por O Fantasista

 

A semana passada marcou um passo atrás. Apesar de termos tido vários jogadores em destaque, foram tudo antigos elementos do meu squad. Como tal, a classificação ressentiu-se e estou um lugar mais longe de onde quero estar.

Apesar de ter ganho pontos ao líder, quase os mesmos que perdi no double gameweek, vou continuar a preparar a próxima jornada dupla. E aviso-vos já que estou a contar com o Puncheon para ajudar a abrir orçamento para sacar o Wayne e ir buscar o Sergio outra vez.

Esta semana são quase todos jogos straight forward, pelo que não prevejo grandes alterações no Leaderboard. Ficam os destaques habituais:

 

de Gea (£5.8m)

Presente e decisivo nas 4 clean sheets dos últimos 4 jogos away. Em véspera da 2ª mão da UCL, o espanholito é um dos imunes à (esperada) rotação de Moyes.

 

Bassong (£4.7m) - Cahill (£6.2m) - Caulker (£5.3m)

O camaronês nascido em Paris e o novo melhor amigo do JT lideram as melhores defensivas caseiras do ano civil de 2014 com apenas 1 golo sofrido em 6 jogos. Carrow Road e The Bridge parecem autênticas fortalezas e West Brom e Stoke City terão que trabalhar nos limites para conseguirem facturar um que seja.

Caulker pelo seu lado só conquistou 19% das clean sheets disponíveis, no entanto é temível nos set-pieces e os 5 golos marcados e os 19 bonus points falam por si. Recebe o pior ataque forasteiro da EPL, um Palace que só marcou 1 golo nas últimas 6 deslocações.

 

Silva (£9.4m) - Hazard (£11.0m) - Snodgrass (£5.9m) - Mutch (£4.9m)

Regressa um dos meus favoritos, o criativo das Canárias, o verdadeiro diferencial do City (8.1%), David Silva. Os 2g, 2a e 6bps nos últimos 4 oferecem garantias de que está de novo em grande nível. E a coisa pode sempre melhorar, basta que o Sérgio largue o álcool...

O Chelsea apresenta sinais de quebra, mas o seu extremo belga continua a mostrar a sua fantástica consistência marcando em 3 dos últimos 4 desafios caseiros. O rival, Stoke City, está em altas (4º no form guide) mas sofreu golos nos últimos 8 away!

Com retornos ofensivos em 4 dos últimos 5 diante dos seus adeptos, o "Scottish Beckham" é um dos one to watch para este fim de semana. De notar que defronta um West Brom que possui uma média de 2.33 golos sofridos nos últimos 6 jogos fora de portas. 

O último elemento do middle of the park já leva quase 70.000 transfers in atingindo uma taxa de utilização na ordem dos 8.6%, tornando Mutch a bandwagon do momento. Este médio "lampardesco" apontou 3g, 3a e 6bps nos últimos 4 jogos. Simplesmente brilhante!

 

Suárez (£13.2m) – Rooney (£11.5m) – Rodriguez (£6.6m)

Rodgers e o seu tinkering táctico não parecem afectar a produtividade do avançado uruguaio, que desta vez, e na esquerda do 4-3-3, não perdoou, juntando mais 1g e 1a ao seu vasto pecúlio. Segue-se o West Ham. Big Sam, prepara-te!

Como se esperava Rooney aproveitou na perfeição, 4 golos em 3 jogos, a ausência do seu parceiro de ataque. A visita a Newcastle aparece no momento certo, após 3 triunfos consecutivos do United fora de casa (todos com golos do Wayne). Resta saber se Moyes, do meio para à frente, não inventa... Eu quero algo deste género:

Rodriguez é "só" o 2º melhor marcador a jogar fora de casa. O avançado inglês tem 9 dos seus 15 em terreno alheio, só mesmo atrás de Suárez (12). O matchup é bem complicado, pois o City vem de 5 clean sheets em 6 jogos, mas este Southampton do Mauricio é uma equipa que joga sempre para marcar golos e Jay quererá mostrar serviço em um mais que provável visionamento in loco de Roy Hogdson no Etihad com vista a uma futura derrota dramática da Inglaterra no Brasil.