O Fantasista
21
Mar

2014

Gameweek 31

Por O Fantasista

 

É oficial, vem aí a primeira (de três já confirmadas) double gameweek da época 2013-14 da Fantasy da Barclays Premier League. A coisa não poderia ser mais simples. Dez teams irão beneficiar de dois jogos, e como tal as escolhas semanais serão inteiramente dedicadas às mesmas.

De momento a minha principal preocupação passa por apanhar os 3 portugueses que estão à minha frente - Sumol, AFC e Guda respectivamente - e que me impedem de ser "o melhor jogador português (de Fantasy) da actualidade". Não está fácil - sobretudo porque o AFC só usou o Wild Card na GW30 - e nas próximas semanas talvez a melhor estratégia seja tentar perder o mínimo de pontos possível, tendo em conta que o número de jogadores com dois jogos do meu lado é claramente inferior aos dos restantes.

Sendo uma ocasião especial, decidi introduzir (mais) uma novidade no formato deste cantinho fantasista. Excluí o keeper, apresentando uma pick, chamemos-lhe “The One”, por cada equipa com dois jogos. Basicamente, faço aquilo que me dá jeito a cada semana que passa, até porque para esta jornada Keepers há muitos...

 

Baines (£7.4m)

Fundamental nas set-pieces do Everton e com decentes probabilidades de clean sheet frente a Swansea e Newcastle, este último com apenas 1g nos últimos 5jgs em St James’ Park.

Dummet (£3.9m)

É o novo amor de Alan Pardew, e tem sido o titular da banda esquerda dos geordies nos últimos 3jgs (1cs, 1a e 1bps). Também ele a cargo da marcação de cantos e livres laterais, deverá manter a sua posição passando o regressado Santon para o flanco contrário.

Davies (£4.7m)

2cs nas últimas 2 deslocações (as primeiras da época) reforçam a ideia de que o Hull de Steve Bruce é realmente uma equipa difícil de furar. O central já provou ser instrumental no KC Stadium, 2g e 6cs. Matchups com West Brom e West Ham premitem-nos sonhar com mais do mesmo.

 

Chamberlain (£6.6m)

O punt da GW30 justificou a aposta com a assist para o golo da vitória em White Hart Lane. Marcou ou assistiu sempre que foi titular, e se a deslocação ao campo do rival Chelsea é complicada, a recepção ao Swansea poderá trazer retornos potencialmente explosivos.

Yaya (£10.1m)

A lesão de Aguero e a quebra de forma de Negredo obrigaram Pellegrini a deslocar o costa-marfinense para a posição #10, no 4-2-3-1 apresentado no último jogo. Se se verificar o mesmo nesta double frente a Fulham e United, Touré, que conta ainda com os preciosos livres directos e penalties, tem via aberta para acrescentar ao seu total de 13g e 5a em 29jgs.

Nolan (£7.2m)

Uns fantásticos 49pts (4g, 4a e 6bps) nos últimos 5 jogos em Upton Park resumem o seu momento de forma. Pois é, e vêem aí mais 2 no estádio das bubbles. O regresso de Carroll, seu cúmplice, deverá deixar as defensivas de United e Hull em sobressalto.

Jonhson (£6.5m)

3 blanks consecutivos deste talentoso ala inglês não nos fazem esquecer aquela run fabulosa de 4jgs consecutivos a marcar. Foram 51pts em 20 dias, e sim, já parece um sonho. Mas se o Sunderland conseguir extrair pontos desta dupla deslocação a Norwich e Liverpool, o mais certo é ver Adam associado à scoresheet.

 

Suárez (£13.1m)

Uma média de 9.4 pts/jg. Traduzindo: Captain.

Bony (£7.1m)

O ano civil de 2014 parece ter feito maravilhas ao ex-Vitesse, em 10jgs apontou 6g, 1a e 7bps. Everton e Arsenal que se cuidem, Bony já marcou a City, United, Liverpool e Tottenham. Notas algum padrão?

Rooney (£11.4m)

A mais que provável lesão de Robin van “Perfect” (nota do Editor - entretanto confirmada) abre as portas da glória a Wayne Rooney. A liderar o ataque, agora com penalties à sua disposição, e com as habituais set-pieces, o "Mr. 300K per week" tem a oportunidade para sacar um total pontual daqueles que ficam para a história. Veremos se desta vez consegue ouvir o David...