O Fantasista
30
Ago

2013

Gameweek 3

Por O Fantasista

 

Desta vez o Zé não encerrou a jornada com a conquista dos três pontos, mas conseguiu garantir a tal “vitória” aqui prevista – um ponto é um ponto, sobretudo quando o principal rival também não ganhou. 

Em termos de Fantasy EPL, a Gameweek 2 terminou com um sabor amargo relativamente à prestação do quarteto de midfielders, onde só Silva (5pts) conseguiu dar continuidade aos retornos da 1ª semana. 

Destaco as prestações das novas selecções, o pequeno Beatle, e lateral canhoto do Everton, Baines (9pts), e o bombardeiro bósnio Džeko (8pts) que disparou um drive daqueles no top corner da baliza de Marshall (Cardiff City). Ainda no ataque, Soldado (7pts), manteve a forma e facturou mais um pelo seu novo clube – agora com 5 golos em 4 jogos. 

A surpresa foi sem dúvida o resultado alcançado pela segunda equipa de Gales, uma vitória por 3-2 frente ao vice-campeão Manchester City. Campbell disparou a sua cotação ao alcançar 16 pontos, fruto de 2 golos e 1 assistência.

Segue-se mais um fim de semana de grandes emoções nas paisagens inglesas. Bem sei que Chelsea e Aston Villa estão de “folga”, mas não faltarão motivos de interesse, principalmente na sessão de matiné domingueira. Liverpool e Arsenal recebem Manchester United e Tottenham em dois clássicos escaldantes, um entre as duas maiores equipas de cidades rivais separadas apenas por 44km (ou 27mi naquele sistema esquisito deles) e um outro entre as duas equipas do norte de Londres. O Manchester City e o West Ham acompanham as equipas acima monopolizando as escolhas com três picks cada um.

 

Goalkeeper

Após o falhanço com a opção da 2ª jornada, optei agora por escolher um keeper que mantém a forma da época passada. Jääskeläinen (£5.5m) soma 2cs em 2 jogos e enfrenta o Stoke City, um dos piores ataques forasteiros da época passada. A provar o zero já obtido pelo team de Mark Hughes na deslocação a Anfield.

 

Defenders

Dobramos na defensiva dos homens de Sam Allardyce com a escolha do centralão Reid (£5.0m). Também ele com 2cs, mas com a vantagem de ser peça fulcral nas set-pieces do West Ham United. Na ressaca de três chances claras falhadas na cara de Krul, espera-se que desta vez consiga meter um na baliza de Begović.

Baines (£7.5m) e a sua etiqueta luxuosa repetem a presença nas minhas escolhas. Na jornada passada retribuiu de forma extraordinária com 1cs e 3pb na recepção ao West Bromwich Albion. Segue-se uma deslocação ao terreno do Cardiff, situação que não deverá colocar qualquer problema ao titularissimo do Everton. Penalties, livres e cantos estarão, como sempre, a seu cargo, e acredito que os seus retornos ofensivos estão mesmo ali ao virar da esquina...

A aposta na defensiva do City falhou na jornada passada mas a confiança na mesma continua em alta. Sendo assim Zabaleta (£6.2m) estreia-se nestas andanças, e logo frente a um Hull City que se mostrou algo envergonhado no primeiro jogo fora de casa – derrota por 2-0 frente ao Chelsea. O argentino já conta com 1cs, 1a e 1pb na primeira exibição em frente aos seus adeptos.

 

Midfielders

facelift parcial realizado nas picks da Gameweek 2 não resultou, e como tal aplicaremos agora ainda mais mudanças. Walcott (£9.5m) é uma delas! Um favorito por estas bandas, regressa agora depois de uma 1ª jornada que lhe saiu completamente ao lado. Nos últimos 5 derbies do norte de Londres foram marcados 31 golos (média de 6g/jg), e no caso de se voltar a repetir um jogo assim Walcott é um dos que vamos querer do nosso lado – 5g e 4a em 13jgs frente aos Spurs. 

Em estreia temos o melhor amigo do Big Sam, o médio #4 Nolan (£7.2m). É o regresso ao antigo Upton Park onde na estreia marcou 1g e conquistou os 3pb na vitória sobre o Cardiff. Curiosamente, o Stoke é uma das quatro equipas da Premier à qual Kevin Nolan nunca marcou. Timing perfeito para o trintão aumentar o seu pecúlio, facturando perante o 16º adversário distinto na EPL!

Silva (£9.3m) é o primeiro jogador a repetir presença nas escolhas das três jornadas iniciais. Após 1g e 1a em 2jgs o maestro espanhol já subiu £0.3m no seu preço, quedando-se em segundo lugar entres os que mais se valorizaram – Barkley (£4.9m) é o primeiro. Segue-se a visita do Hull City, e Silva será mais uma vez instrumental na movimentação ofensiva dos comandados de Pellegrini.

O punt da semana é um dos melhores médios do futebol moderno, Gerrard (£9.0m). O Liverpool arrecadou a totalidade dos pontos em oferta até à data e prepara-se para receber o campeão. O Manchester United é um dos adversários preferidos do #8 dos reds, e se à primeira vista 6g e 4a em 29jgs podem não significar ouro, 4g em 6jgs nas últimas 3 épocas já mudam o rumo da conversa. E se a isto juntarmos 2g nos últimos 2 confrontos com os devils em Anfield Road a coisa começa a fazer todo o sentido.

 

Forwards

Os últimos dois trios de forwards portaram-se muito bem, e como tal este tem sido o departamento mais acertado nas escolhas semanais. Esta semana Soldado (£9.6m) é o repetente pois a sua forma está invejável – 5g em 4jgs. O avançado foi poupado por Villas-Boas na Europa League, estando totalmente concentrado para figurar no seu 1º derby londrino frente ao maior rival da cidade, o Arsenal. Em 2 jogos, duas vitórias por 1-0, com 2 golos de Soldado, ambos de penalty.

O terceiro elemento do Man City é o argentino Agüero (£11.1m). O "anão" que ofereceu o titulo de campeão na época 11/12 arrancou o ano tremendamente bem com 1g, 2a e 3pb em apenas 150min – 10 pts/90min. O Hull parece ser o matchup ideal para continuar a produzir de forma condizente.

A finalizar o 11 ficamos com a classe que nos oferece Van Persie (£14.0m). O blank frente ao Chelsea até ser encarado como algo normal, mas os 2g frente ao Swansea são tudo aquilo que se espera do avançado holandês. No ano passado marcou 8g em 12jgs frente às outra seis equipas do Top-7, mas nos 6 jogos fora marcou 5!

 

Bench

Para o banquillo, lá atrás, escolhi Lovren (£5.0m) que com 1cs e 4pb parece talhado para o novo sistema BPS, acompanhado por Whittingham (£5.0m) no meio do parque, o homem dos cantos do Cardiff, com um influente pé esquerdo e que foi fundamental para a remontada operada frente ao Man City fazendo a assistência do 1º golo. A acompanhá-los, e para a frente, Chamakh (£5.0m), que após a estreia a titular com 1g e 3pb recebe o Sunderland, que em 5 jogos fora com Di Canio, perdeu 4 sofrendo sempre golos (10 no total).

 

Posta Mágica

Suplente não utilizado na 1ª jornada, Townsend (£5.5m) passou a titular, por lesão de Lennon, na 1ª mão da pré-eliminatória da Europa League. Aproveitou a oportunidade e foi autor de 1g e 2a na vitória por 5-0. André Villas-Boas reiterou a confiança no novo Bale dos Spurs, e este tal como o galês tão bem fazia, galgou adversários até ser derrubado na área dando origem ao penalty da vitória frente ao Swansea. Ontem só realizou os primeiros 45min na 2ª mão, indicando que será titular no derby de domingo. Como já o disse, esta fixture tem registado resultados estonteantes (31g em 5jgs) e se os Spurs conseguirem marcar, o mais provável é que o seu pé esquerdo esteja metido ao barulho.

 

 

(Ainda se podem juntar à liga do 11para11 através deste link. O nome da liga é "11para11", naturalmente, e o código é 3131-1620.)