O Fantasista
07
Fev

2014

Gameweek 25

Por O Fantasista

 

Épico.

É só o que me vem à cabeça quando penso na exibição do Chelsea no Etihad. Numa altura em que se pensava que o City seria o principal candidato ao título - as lesões começam a limitar o estatuto do Arsenal - o banho de bola, táctico e físico, que os londrinos aplicaram aos locais, veio baralhar a nossa percepção do topo da EPL, com o Chelsea a meter o pé na porta do título. Fica também para a história do Zé, como uma das suas melhores vitórias de carreira.

 

Prestes a entrarmos no final stretch, chega a altura daquelas decisões difíceis, se vamos para a glória máxima e continuamos a tentar escalar a Leaderboard ou se nos contentamos em liderar as nossas ligas privadas, controlando a oposição. O Fantasista só sabe jogar ao ataque e o objectivo passa por melhorar os números da tabela à direita. Como tal, e para sacudir a monotonia habitual, vamos mudar alguma coisa: a apresentação!

Além disso, mudo também algumas das escolhas, tentanto antecipar a queda de forma de alguns jogadores (se o Luis marcar outro hat-trick, não me conseguirei perdoar por ter tentado outra vez) e a subida de outros, sempre com um olho nos diferenciais:

 

Mannone (£4.5m)

Basta rever as mais recentes exibições do italiano. Os seus totais de saves têm garantido quase tantos pontos como uma clean sheet, e os pontos de bónus daí resultantes são demasiado fáceis para deixar escapar.

 

Cahill (£5.9m) – Yoshida (£4.0m) – Delaney (£4.4m)

Mais uma vez escolho três centralões com elevado potencial de obtenção de clean sheet e com o chamado goal-threat.

Destes, Cahill é o que apresenta o melhor historial e o embalo que os Blues trouxeram de Manchester poderá transformar-se facilmente num score de duplos dígitos para o inglês.

Yoshida e Delaney têm excelentes matchups e a sua relação custo/proveito adequa-se ao restante plantel.

 

Lallana (£7.8m) – Yaya (£10.2m) – Hazard (£10.6m) – Jonhson (£7.0m)

Um conjunto de centro-campistas com olho para o golo, mas que não dispensam aquela assist pontual.

Todos com funções decisivas nas bolas paradas - Yaya e Hazard marcam penalties nas ausências de Agüero e Lampard – e liberdade para vaguear por todos os recantos do pitch.

Os Adams estão mesmo on fire, 3g e 6g respectivamente, nos últimos 4jgs.

Os outros, apesar de um ligeiro dip in form, são indispensáveis e defrontam defensivas com as quais se costumam dar bem.

 

Van Persie (£13.6m) – Benteke (£8.8m) – Sturridge (£9.7m)

É o regresso de um trio de acamados! Avançados de qualidade e em forma? É o que se pretende.

O holandês parecia desaparecido mas 2g em apenas 2jgs colocam-no de novo no radar fantasista. Recebe a pior defesa forasteira da Premier.

A pausa natalícia parece ter feito maravilhas a Benteke, e vai já em 4jgs consecutivos a marcar ou assistir.

Após um mês e meio de paragem, o sobrinho do Dean is back with a bang: 5g e 1a em 4jgs. São já 38pts, está tudo dito!

 

Smalling (£5.1m) - Zaha (£5.4m) - Borini (£6.2m)

O jovem central/lateral do United procura a 3ª clean sheet consecutiva em casa. Zaha estreou-se com uma assist, e prepara-se para a 1ª titularidade e logo no derby galês (tea time de Sábado - 17.30h). Borini é o 6º Forward na tabela dos in form, 2g e 2a nos últimos 3jgs. E está on pens!