O Fantasista
13
Dez

2013

Gameweek 16

Por O Fantasista

 

O fim de semana ali bem pertinho, e com ele, no horizonte, mais uma jornada frenética de Premier League.

Dois confrontos muito interessantes entre o Top-6, um a abrir e outro a fechar. O Manchester City, único team só com vitórias em casa, recebe o líder Arsenal, enquanto o segundo classificado desloca-se a White Hart Lane para entreter um Tottenham que só venceu 1 dos seus últimos 5 jogos em casa. Chelsea, Everton e Manchester United terão uma oportunidade fantástica para encurtar distâncias, é que os seus adversários serão teoricamente mais fáceis de bater.

Na semana passada experimentámos o 4-4-2, algo que não correu, naturalmente, lá muito bem. A prova está na única clean sheet alcançada (Gabbidon) em 5 possibilidades (Vorm não jogou), e no fraco retorno ofensivo do quarteto de médios (somente 2 assistências). Como tal, voltamos ao apaixonante 3-4-3, que me permite soltar as rédeas de muitos dos intervenientes com match-ups favoráveis nesta GW16. Custo e percentagem de utilização serão, mais uma vez, fundamentais nas escolhas desta semana.

 

Goalkeeper

O Norwich recebe o Swansea (apenas 1 golo marcado nos últimos 4 away) e quererá manter a recente run de bons resultados em Carrow Road, 2 vitórias e 1 empate nos últimos 3. Ruddy (£4.9m) sofreu apenas 1 golo nesse mesmo período, conquistando 2cs pelo caminho. Está em forma!

 

Defenders

Titular em 10 jogos pelo Chelsea, Cahill (£5.7m) já se pode considerar como sendo um dos pilares da equipa de José Mourinho. Aproveitou da melhor forma a ausência de David Luiz, arrecadando 43pts através de 4cs e 1g marcado. Poupado no jogo da UEFA Champions League, deverá apresentar-se fresquinho frente ao Crystal Palace, equipa que só marcou 3g nos 7 away.

O líder desta categoria é Coleman (£5.9m) com 80pts, resultantes maioritariamente de 8cs. Em 7 desafios caseiros regista 44% desse total, realçando a sua fantástica consistência no split home-away - 4cs em cada. O Fulham não marcou nas suas últimas 3 deslocações, e este lateral ultra ofensivo (2g e 1a) poderá ser tudo o que o novo mister holandês não quereria enfrentar no próximo sábado.

Steve Bruce volta a ter ao seu dispor o talentoso defesa central Chester (£3.8m). O Hull City está fortíssimo em casa, 7 jogos com apenas 3g sofridos e com 4cs, bem suadinhas como eu gosto. No 3-5-2, o ex-United é o representante mais barato desta muralha defensiva, colocando-o no topo das opções low-cost para esta jornada.

 

Midfielders

O costa-marfinense Yaya Touré poderia e deveria ser a pick ideal da GW16, tal é a sua consistência nos jogos realizados no Etihad (4g, 3a e 10bps em 7jgs). Marcou ou assistiu em todos, facturando 60% dos pontos em casa! No entanto Silva (£9.1m) regressou a meio da semana, marcou em Munique, e prepara-se para ser titular no confronto de titãs com o Arsenal. O espanhol é mais barato e possui o tal diferential appeal (3% contra os 38% de Touré). O duelo está lançado, e eu aposto no pequeno génio das Canárias.

Hazard (£9.9m) tem vindo a escalar os rankings a um ritmo vertiginoso, é agora o 3º classificado com 91pts. Até Mourinho já fez referência ao facto, o belga já não se limita a passar para trás e para o lado, encara os adversários e procura ele próprio o caminho do golo. As mudanças são evidentes, e os números ajudam a comprovar: 6g, 5a e 12bps nos últimos 9jgs, à média de 8.2pts/jg! Um claro candidato a Capitão desta semana, que irá defrontar, em Stamford Bridge, o renovado Crystal Palace que no entanto sofreu 12g em 7jgs away. O Chelsea marcou sempre 2 ou mais nos jogos caseiros, e só não venceu 1 (vs WBA).

No miolo do Norwich City surge outra das revelações do campeonato, o holandês Fer (£5.9m). Após o descalabro vivido em Manchester, com a copiosa derrota por 7-0, Chris Hughton embarcou numa melhoria de resultados que trouxe 3 vitórias em 5 jogos, e quem sobressaiu foi Leroy Fer! 3 golos, 1 assistência e 4 pontos de bónus lançaram-no para a ribalta, ocupando agora o 10º lugar com 59pts. A sua média de 7pts/jg nestes últimos 5, garante-lhe a titularidade no meu 11! Veremos se o Swansea, sem o Chico, será capaz de travar o gigante do Norwich.

Selecionado apenas por 1% dos managers da FPL, e com um custo bastante simpático, Larsson (£5.5m) tem sido um dos bravos do pelotão de Gustavo Poyet. É verdade que só retornou 1 assist (em 8jg), mas a oposição também tem sido a mais complicada possível. Avizinha-se já no próximo sábado uma mudança no calendário, e a visita ao castelo do West Ham poderá ser mais fácil do que é costume. Pura e simplesmente, na habitual linha defensiva escalada por Big Sam, só o keeper está a 100%! Reid, Rat e Tomkins lesionados, Demel e Collins em dúvida. Larsson é dono de todas as set-pieces, e joga no vértice mais adiantado do triângulo do miolo do Sunderland. Condições há, veremos se temos direito a prémio. 

 

Forwards

Sobre o pequeno génio argentino já muito se escreveu aqui neste espaço dedicado à fantasia futebolística. Resta acrescentar mais 1 jogo, fora de casa, em que molhou o bico, mas que o City não venceu – um clássico nos tempos que correm. Agüero (£12.5m) regressa ao Etihad, local onde tem sido letal, somando 4 sets de pontuações com duplo dígitos! Certo que o adversário é só a melhor defesa da EPL, mas a última vez que defrontou a melhor defesa todos nós sabemos o resultado (6-0 vs TOT, 15pts). Em casa, a sua média de 10 pts/jg não pode ser ignorada.

Considerando o seu preço inicial, 3 blanks em 11 jogos pelo Everton fazem de Lukaku (£8.4m) um dos avançados mais valiosos da FPL. Consistente, marcou ou assistiu nos últimos 4, à média de 7.25pt/jg, e prepara-se para desmontar mais uma defensiva, desta vez a do Fulham, equipa que sofreu 9 golos nas últimas 3 deslocações.

Deixar um certo uruguaio de fora já me custou um hat-trick (vs WBA), mas parece que vou tentar mais uma vez... A explicação é simples, Gerrard está out

Ok, a deslocação ao terreno do Tottenham vem em boa altura, lesões nos centrais Vertonghen, Chiriches e Kaboul, mas o Liverpool sem Gerrard e Sturridge não é a mesma coisa... e temo o pior para os lados de Brendan Rodgers. Além do mais, os reds não vencem fora de casa desde 29 de Setembro e Suárez registou 2 blanks nesses 4 jogos.

Por outro lado temos o regresso de Rooney (£11.1m), que mesmo neste mau momento do United continua a corresponder a um ritmo impressionante. O jogo no Villa Park vem em boa altura, Wayne sacou 3 sets de duplo dígitos (12, 11 e 13) nos últimos 3jgs fora de Old Trafford! Mais, o capitão contrário e patrão da defesa Vlaar está out, tal como o dínamo do meio-campo Delph. Será a jornada com as condições perfeitas para dar a armband a um diferential? Eu acredito que sim.

 

Bench

Titular nos últimos 2, 3a e 3bps, Kolarov (£5.3m) está a pegar de estaca na defesa do City, que só sofreu 2g em 7jgs, e não sofre há 3jgs.

Chadli (£6.8m) foi titular nas 3 jornadas iniciais, até que caiu por lesão. Recuperada a titularidade, parece ser a nova grande aposta de AVB. Pode jogar na esquerda ou nas costas de Defoe. Uma assist no último jogo é o seu cartão de visita, e o Liverpool sofreu 10g nos últimos 4 fora de Anfield Road.

Hooper (£6.1m) foi titular em 4 dos últimos 6, e marcou em 3 deles. Curiosamente foram os únicos que o Norwich venceu. Em Carrow Road, 2g e 6bps no último par de jogos.

 

Posta Mágica

Um antigo amor de Norton de Matos faz a sua estreia na posta semanal. Gouffran (£6.4m) tem fechado a esquerda do meio campo dos Magpies e marcou nas suas últimas 3 presenças em St. James Park, fundamental nas (3) vitórias consecutivas registadas em casa com uma média assinalavel de 8.33pts/jg.

O adversário de sábado é um Southampton que sofreu 9 golos nos últimos 4jgs, pontuando somente um ponto, resultado provável das lesões dos titulares Boruc, Clyne, Wanyama e Schneiderlin.