O Fantasista
06
Dez

2013

Gameweek 15

Por O Fantasista

 

As condições ainda não são as ideais, mas o Fantasista está back in business!

A meio da semana tivemos direito a uma autentica chuva de golos, 33 para ser mais preciso. A par desta avalanche ofensiva, a conjugação dos últimos resultados veio ajudar a clarificar umas tantas situações:

  - Arsenal é o mais sério candidato ao titulo da EPL;
  - Chelsea e Manchester City, apesar de alguns sobressaltos fora do dos seus estádios, são os seus concorrentes directos;
  - Liverpool, Everton, Newcastle e Southampton as maiores surpresas;
  - Tottenham e Manchester United as desilusões;
  - Stoke, Cardiff, Norwich, West Ham, Fulham, Crystal Palace e Sunderland irão embrulhar-se na típica dog fight pela fuga à cave da tabela classificativa.

 

E como isto não pára, este sábado voltamos a ter mais uma ronda com três jogos entre o Top-9. O grande jogo da GW15 está marcado para domingo às 16:00, no Emirates, onde o líder Arsenal recebe o fabuloso Everton orientado por Roberto Martínez. Um teste daqueles para os claros dominadores da EPL até à data.

Com a dupla de sul-americanos a voltar à ribalta, as minha escolhas reflectem mais uma vez a necessidade de procurar por alternativas low-cost na categoria de Defenders e Midfielders. Os match-ups favoráveis de Swansea, West Brom, Liverpool, Aston Villa e Crystal Palace possibilitam uma disposição táctica diferente do habitual, desta vez, e em estreia, em 4-4-2.

 

Goalkeeper

Voltamos a confiar em Vorm (£5.0m), peça fundamental no xadrez de Laudrup. É ele que muitas vezes inicia os ataques do Swansea City, principalmente no Liberty Stadium onde nas últimas 3 partidas conquistou sempre a clean sheet. O Hull só conseguiu marcar 2 golos nos últimos 4 away.

 

Defenders

Na linha defensiva montamos uma linha de quatro centrais, todos eles com hipóteses de alcançar retornos em ambas as balizas. 

A representar o novo team de Tony Pullis, Gabbidon (£4.1m) poderá vir a ser uma nova versão do que era Huth no seu antigo Stoke City. Carrega 3cs nos últimos 4 jogos, com bonus points em 2 deles, e defronta um ataque do Cardiff com muitas dificuldades para marcar fora de casa – 1g nos últimos 4jg. Também é capaz de criar alvoroço nas set-pieces, e já molhou a sopa na 3ª jornada.

Por esta altura McAuley (£5.5m) já é um nome bem reconhecível nestas andanças, sendo mesmo um favorito aqui do burgo. Adoro a capacidade ofensiva deste norte-irlandês, a comprová-lo os 2g e 1a conquistados em 14jg. Em 7jg away o Norwich só marcou 4g, sofrendo uns expressivos 21!. O centralão é caro, mas justifica plenamente o milhão extra.

O Chelsea não está na sua melhor fase defensiva mas a verdade é que o Capitão ocupa o 3º posto com 69pts. Sim, Terry (£6.6m), apesar de ter metade das clean sheets dos seus compadres do Everton, consegue manter o ritmo e rivalizar com eles no topo da classificação dos Defenders. Para isso muito têm ajudado as suas contribuições ofensivas, 2g e 1a nos últimos 10jg. E sábado poderemos mesmo ter direito ao regresso das clean sheets para os londrinos, os de Stoke-on-Trent já ficaram em branco em 4 dos 7 realizados no Britannia.

Encerramos o quarteto de centralões com Škrtel (£5.4m), único titular da defensiva do Liverpool nos últimos 12 jogos. A sua forma é tudo menos brilhante, pois nos últimos 11 só contabiliza 1cs... marcando curiosamente 1 golo nesse mesmo jogo. Mas este sábado o adversário já registou 5 blanks em nos 7 jogos fora do seu estádio. Aliás se excluirmos a grande vitória por 3-0 em White Hart Lane, o West Ham só por uma vez marcou nas restantes 6 deslocações. O match-up ideal para o Liverpool de Rodgers regressar aos shutouts.

 

Midfielders

O líder dos Midfielders volta a figurar nas picks semanais, Ramsey (£7.5m) já atingiu a barreira dos 100pt e a este ritmo poderá chegar mesmo aos 250pt – impensável no inicio da época. O médio box-to-box pisa os terrenos que quer, marcando ou assistindo em 9 dos 14jg realizados e em 4 dos últimos 5jg no Emirates. É certo que irá defrontar a defesa com mais cs conquistadas (8), mas neste momento o galês parece não saber o que significa falhar uma oportunidade. Marca tudo, e de todas as formas!

E finalmente Shelvey (£5.4m) faz a estreia no meu middle of the park. Andava à espera de uma desculpa para o apresentar e chegou o momento certo, Laudrup não tem ponta-de-lança para o Monday Night Football, e a julgar pela 2ª parte do confronto com o Newcastle onde marcou e assistiu, será mesmo Jonjo a liderar o ataque frente ao Hull City. Conta com 2g, 3a e 6bps nos últimos 4jg em casa, e vai defrontar uma equipa que sofreu sempre golos a jogar fora da sua fortaleza (15g em 7jg).

Segue-se um veterano das fantasy leagues, provavelmente o médio mais constante das últimas jornadas, Gerrard (£9.1m) com 3g, 6a e 10bps, ou marcou ou assistiu, estranhamente nunca ambos, em 8 dos últimos 9 jogos. Nos últimos 4 em Anfield regista uma média de 7.5pts/jg. Big Sam e o seu West Ham sofreram 4g nas 2 últimas deslocações, e Stevie G em 19 embates com os Hammers facturou 7 golos e 3 assists.

A par de Shelvey a última pick do sector dos Mids é também ela dedicada aos que precisam de compor o seu team para a quadra festiva e consequente fartura de jogos que se aproximam. Brunt (£5.0m) recuperou a titularidade no passado dia 2 de Novembro totalizando, desde então, 5 presenças consecutivas no onze de Steve Clarke. Marcou 1 golo e assistiu 2, o que parece ter-lhe garantido a posição de médio ala esquerdo no 4-4-1-1 do WBA. Como dito anteriormente, recebe o Norwich City que não se encontra no seu melhor momento de forma - os tais 21g sofridos em 7 jogos fora de Carrow Road.

 

Forwards

Os rapazinhos da América do Sul resolveram tirar folga na mesma jornada, e no passado fim-de-semana retornaram dois fantásticos blanks. No entanto a fé, tão característica naquele canto do globo, permaneceu e ambos voltaram aos trilhos goleadores.

Especialmente o Luis, que nos presenteou com um poker à Carlos Bueno! Um memorável total de 24pts (48 para muitos!) e que deixou certamente em maus lençóis todos os que decidiram ignorar Suárez (£12.5m) para Capitão a meio da semana. Concentremo-nos só nos números caseiros, após o (último) castigo: em 4jg em Anfield, são 10g, 2 a e 9bp, ou seja, 63pt!! A esta média a questão da escolha do Capitão resume-se a Luis Suárez sempre que este jogar no seu quintal.

O Sergio, Agüero (£12.3m), marcou “só” 1g, o que por si só já diz muito. Segue-se a deslocação ao campo do Southampton, equipa que sofreu 6g nos últimos 2jg e que já não conquista uma clean sheet há 5jg. O Manchester City só pode aproveitar o embalo e quem mais senão Agüero para figurar na scoresheet? Fora do Etihad, em 5jg a titular, contabiliza 4g, 2a e 5bps. 

 

Bench

Titular desde a chegada de Poyet (últimos 7jg), Bardsley (£4.4m) apresenta 2g e 3bps nos últimos 2jg no Stadium of Light. Marcou ao City e ao Chelsea, está de pé quente! Será o Tottenham de Villas-Boas capaz de o travar?  
Bannan (£4.4m) é o man of the hour no ataque do Palace, pois está ligado aos 2g que possibilitaram as 2 vitórias alcançadas nas últimas 3 jornadas. São 21pts em 3jg, e no horizonte surge a recepção ao Cardiff City, adversário directo na luta pela manutenção.
Lukaku (£8.2m) recuperou a forma, e depois de 3 blanks em 4jg, abriu uma run de 3jg consecutivos a marcar ou assistir, com 3g, 1a e 3bps. O Arsenal já lidou mal com Benteke (2g no Emirates), como será agora com a outra besta belga?

 

Posta Mágica

As coisas não andam lá muito famosas para os lados desta secção... mas eis senão quando surge uma oportunidade dourada de utilizar a eterna posta mágica: Hernández (£7.2m).

Um verdadeiro predador da pequena área, um avançado que apesar de nunca jogar mais de 1500min/época, equivalente a 17jg, marcou sempre 10 golos ou mais nas três épocas que já leva com o Manchester United, mas que na corrente só molhou a sopa por uma vez - um match-winner frente ao Stoke. Chicharito terá a sua oportunidade frente ao Newcastle, tudo porque os deuses da fantasy resolveram juntar a lesão de Van Persie com o castigo de Rooney (cumpre 1jg de castigo por ter visto o quinto amarelo na EPL). A finalizar aqui vai aquela stat com sumo: nas épocas anteriores, 11/12 e 12/13, marcou na fixture correspondente!