O Fantasista
16
Out

2015

FPL Gameweek 9

Por O Fantasista

 

Entramos oficialmente na semana do hit.

A lesão do ex-genro do Diego Armando veio abrir um conjunto de novas possibilidades. O que fazer com tanto dinheiro disponível? Esperar para ver, aguardar uma gameweek e actuar consoante a maré? Ou assumir o risco, sofrer um hit (-4 pts), e aumentar a qualidade do middle of the park?

Mas há mais decisões a tomar. A lesão de Kolarov (ainda por confirmar) em conjunto com os muitos matchups adversos para a maioria dos nossos defenders poderá ser a desculpa ideal para a utilização da "All Out Attack" chip?

Quem dispõe de duas free transfers ou do primeiro Wild Card poderá retirar larga vantagem nesta jornada. Não são só as inúmeras lesões, é também a gameweek "ensandwichada" entre a ressaca do International Break e a fase decisiva da UEFA Champions League.

Como já falámos de possíveis reforços no sector dos forwards, dedicamos exclusivamente este texto aos outros três sectores do campo. E desta vez impõe-se o regresso às lides dos goleiros.

 

ELLIOT £4.0m

Mais um jogo num relvado sintético, mais uma ruptura de um ligamento cruzado anterior, calhando desta vez o infortúnio ao veterano holandês Tim Krul, e quem se prepara agora para assumir a baliza do Newcastle é Robert Elliot (1.3%).

Neste momento só existem dois goalkeepers titulares com tags iguais ou inferiores a £4.0m: ele e Hennessey, do Crystal Palace. No entanto o timming do acontecimento parece favorecer o irlandês dos Magpies. Estes preparam-se para um shift total no grau de dificuldade dos oponentes - NOR, sun, STO, bou - atravessando um período em que irão defrontar consecutivamente 4 dos últimos 8 classificados da EPL.

O Newcastle é último mas, e a julgar pelas duas primeiras partes frente aos candidatos Chelsea e Manchester City, demonstra sinais claros que indiciam melhorias para breve. Óptimo substituto para os azarados que detém a combo Krul-McCarthy, ou para quem está em modo Wild Card e deseja gastar o mínimo nas suas “redes”.

O’SHEA £4.3m

Big Sam is coming to town!

Pois é, o Fantasista prepara-se para se apaixonar novamente pela outra equipa do nordeste de Inglaterra. E logo em vésperas de mais um Tyne-Wear derby na Gameweek 10, neste caso Wear-Tyne por ser no Wearside.

A saída de Dick Advocaat deverá potenciar novamente os assets defensivos do Sunderland, entre eles o fantástico talento desenvolvido por Sir Alex Ferguson. Não há como enganar, o capitão John O´Shea (4.9%) será o eco em campo da voz grossa de Sam Allardyce. E já sabemos qual a sua prioridade no que diz respeito à forma de encarar os desafios da EPL: keep a clean sheet! Curiosamente coisa que ainda não foi conseguida após 8 jogos efectuados.  

O defesa central #16 foi titular em 5 dos últimos 6 jogos, apresentando 74.8% de Pass Completion (PComp), 55% de desarmes com sucesso (TaWPc), 8 CBI's por jogo (Clearances-Blocks-Interceptions) e ainda 4 recuperações. Estatisticas mais que suficientes para esperarmos retornos extra ao nível de bonus points na eventualidade de resgatar a tão esperada cleanie.

E oportunidades não irão faltar, nomeadamente já num futuro próximo com a viagem às West Midlands e a já falada recepção ao velho rival. Duas equipas que partilham o pior ataque da EPL, ambas com apenas 6 golos marcados. Curiosamente o Newcastle assume também o titulo de pior ataque forasteiro, com 1 mísero golo marcado em 4 jogos.

LALLANA £7.3m

Como é óbvio tinha que mandar uma posta sobre o novo Liverpool do Klopp.

A meu ver, e a julgar por aquele período áureo do grande Dortmund, o trio de médios mais ofensivos será, a par dos laterais, o mais beneficiado pelo novo estilo heavy-metal. Como as próximas fixtures - tot, SOU, che, CPL, mci - não auguram retornos na vertente defensiva, decidi debruçar-me sobre a eventual linha média e resgatar um asset completamente mergulhado no esquecimento e sob o efeito de uma imensa depressão futebolística, real e “fantasiada”.

Tu, o leitor mais assíduo, deves recordar com saudade o grande Southampton versão 2013/14, onde pontificava o fantástico trio: Lambert (179 pts), Lallana (178) e Rodriguez (152).  Volvidos dois anos e a paisagem é diametralmente oposta, sendo que Adam Lallana (0.5%), apesar de nunca ter verdadeiramente conquistado o coração do Brendan, foi o mais feliz, totalizando 1779min, 5g e 3a, na sua primeira época em Anfield. Esta época e após 152min nas 2 primeiras jornadas voltou a cair na penumbra, muito por culpa dos múltiplos tweaks tácticos do antigo treinador.

Surge agora a oportunidade de se revitalizar como opção para Klopp e consequentemente para nós. E este inglês gosta imenso de pressionar, qualidade essencial para jogar num sistema, qualquer que seja ele, operado pelo mister alemão.

Um verdadeiro punt. Mas poderá resultar para quem deseja fazer um upgrade no seu budget 5th midfielder. É que agora há muito cash para esbanjar!

Não é, Sergio Kun Agüero?