O Fantasista
02
Out

2015

FPL Gameweek 8

Por O Fantasista

 

Em semanas consecutivas assistimos ao crescimento estratosférico da ultima bandwagon da FPL: Tony Martial (30.4%). Foram "só" 854226 transfers in! Agora e devido à fatídica lesão de Wilson, as agulhas afagam mais uma sensação proveniente do Leicester: Vardy (20.5%), com 316056 transfers in.

O Fantasista foi um dos que decidiu ignorar o fluxo gerado pelo jovem talento do United, e poderia ter pago bem caro. A razão de tal decisão passava pelos desafios que se avizinhavam. Visitas ao Emirates e Goodison, e o derby de Manchester em Old Trafford, match-ups muito complicados para o novo líder da EPL. No entanto passado uma semana, e 1 assist do #9 francês, parece estranho embarcar na jornada sem um asset ofensivo de Louis Van Gaal. Talvez a minha free transfer passe por aqui, até porque temos aquele aliciante de ser o derradeiro jogo da gameweek.

Mas o verdadeiro diferencial em muitas mini-leagues foi mesmo o chileno Alexis Sanchez e o seu primeiro hattie na EPL. Lukaku, enviado às malvas por mim juntamente com Bolasie na semana passada, também comprovou aquela teoria: a paciência é fundamental neste jogo. Tal como Alexis colocou um ponto final em 4 blanks consecutivos, retornando uns fantásticos 16 pontos na FPL para os seus owners.

Em seguida o exercício semanal da praxe. Desta vez sem direito à pick na categoria dos keepers. Não queremos gastar mais cartuchos numa posição que só nos oferece 20 titulares por jornada. Quando aparecer algo relevante, o Fantasista promete abanar uma bandeira e sinalizar em tempo útil.

STURRIDGE £10.5m

Mais tarde ou mais cedo teria que figurar nestes previews do Fantasista.

O sobrinho do Dean, um old favourite, regressou à titularidade do team do Brendan, e passados oito meses o Liverpool voltou a marcar 3 golos num só jogo. Curiosamente a última vez que tal aconteceu foi em Fevereiro na recepção ao Tottenham, num dos seus variadissimos comebacks após lesão. 

Entre os titulares nas últimas duas jornadas, Daniel Sturridge (3.6%), lidera, a par de Vardy, Walcott e Coutinho, a categoria de Shots on Target (5). A grande diferença está no volume total de attempts e na respectiva accuracy.  Enquanto o canhoto disparou apenas 7 goal attempts, Coutinho , Walcott e Vardy precisaram de muito mais para atingir a tal média de 2.5 SoT/jg. Clinical...
 
Os 2 golos frente ao Aston Villa, e a folga garantida na Europa League, são o tónico ideal para o derby de Liverpool, marcado para o próximo Sunday às 13.30. Isto se a BTV2 não decidir transmitir um qualquer Frosinone-Sassuolo da exuberante Liga Italiana.

Um substituto imediato para quem está farto das misses do Sergio. Troca arriscada, mas como diz o outro: “para ganhar a lotaria é preciso jogar”.

MANÉ £7.8m

Um dos que confiei para o meu squad inicial parece querer finalmente justificar a minha decisão. Mais vale tarde do que nunca, e tal como Walcott regressa agora ao meu, e ao vosso, radar.

Nas últimas quatro gameweeks, titular em 3, arrecadou 4 assists juntando-lhe também 1 golo, o primeiro da época.

Está claramente em forma e as stats ajudam a explicar o porquê. Entre midfielders, e nesse mesmo período, só o big hitter Sanchez e o já mencionado acima Walcott, contabilizam mais do que os 5 SoT do senegalês.

No entanto Saido Mané (4.6%) tem companhia de respeito na referida categoria: Fábregas, Mata, Depay, Mahrez e Sako. Destes, Mané além de ser o maior diferencial, dispara mais de close range, ou seja, o perigo vem dos Shots inside Box (9). As suas 8 Chances Created também ajudam a explicar as 3 assists.

O calendário continua a sorrir para os de Southampton, preparando-se para enfrentar as três piores defesas da EPL, Sunderland, Chelsea e Leicester, nas próximas 5 jornadas.

HUTTON £4.3m

Após duas descidas de preço, e com apenas 0.4% de usage, este lateral direito do Aston Villa é uma das poucas hipóteses para quem quer aceder a um defender titular, e abaixo dos £4.4m, com uma decente probabilidade de obter algum retorno ofensivo. 

Entre defesas com mínimo de 2 CC e 2 Crosses Successful (CrScc) nos últimos quatro jogos, Alan Hutton destaca-se por liderar a tabela da segunda categoria, com 6 CrScc.

Agora que Tim Sherwood alinha pelo diapasão do Fantasista e prefere privilegiar o target man do Benin, Rudy Gestede, prevê-se um forte aumento no delivery from the back. Hutton, já com 5 CC, mostrou a sua qualidade com a recente assist para um dos golos de Gestede em Anfield.

No fundo esta é uma transfer in para quem pode. E potencialmente para ser utilizado em confrontos caseiros.

Num futuro próximo, recepções ao Stoke e Swansea parecem ser ideias para soltar este velho cavalinho escocês.