O Fantasista
06
Nov

2015

FPL Gameweek 12

Por O Fantasista

 

Lanço-me em mais uma dura caminhada pelos meandros da OPTA. Nada como mergulhar fundo no manancial estatístico para esquecer a razão pela qual mantive o in form Ighalo no bench, e continuei a apostar num qualquer asset ofensivo treinado por um tal de Aloysius Paulus Maria van Gaal. 

Continuamos na luta, mas agora na 14ª posição e a 81 pontos da liderança da Liga do 11para11.pt. Realce especial para Bruno Verissimo que subiu ao 3º lugar, pontuando uns mirabolantes 109pts, em parte porque decidiu utilizar a chip do bench boost (embora esta só lhe tenha somado 10pts extra).  

Já de seguida o habitual. Três diferenciais com runs apetitosas no horizonte. Aproveita!

MORENO £4.8m (3.2%) 
CPL - mci - SWA - new - WBA

A defesa e particularmente as laterais, eram uma das zonas onde se esperava uma enorme evolução com a chegada de Jürgen Klopp, e apesar de ainda não existir tradução em FPL points, as underlying stats não enganam. Para este lateral extremamente ofensivo a explosão está iminente.

Aos 3 jogos sob o comando do novo treinador, juntamos o último de Brendan Rodgers, e durante esta janela temporal, Moreno ocupa a segunda posição em várias stats atacantes, com 7 CC, só atrás de Daniels, 6 GA e 3 SiB, em ambas somente atrás de Schlupp, e com 15 CfOP – 4º lugar – na esteira de Hutton, Daniels e Francis.

No caso de os retornos ofensivos não aparecerem, WBA, CPL e SWA são confrontos muito apelativos do ponto de vista da CS. Este trio encontra-se entre as piores 8 equipas da EPL no que diz respeito a CC, SiB e golos marcados.

WILLIAN £6.8m (3.2%) 
sto - NOR - tot - BOU - lei - SUN - WAT

É sem sombra de dúvida o único jogador do Chelsea em forma. Ultimamente, e beneficiando do total descrédito da dupla Hazard-Fàbregas, tem assumido as rédeas do ataque, destacando-se especialmente na cobrança das set-pieces.

Nesta altura não será de todo um exagero afirmar que Willian (e a sua trunfa) é já um dos melhores na forma como converte livres laterais em golo. Aquela do “ninguém toca” já funcionou 3 vezes esta época (2 na EPL e 1 na UCL). Na verdade, e recordando a noite de quarta-feira, já apontou, ao serviço do Chelsea, 6 golos de livre directo em menos de 2 meses. É obra!

O seu momento deixa transparecer também um aumento na categoria das assists, com 8 CC (1 assist) nas últimas 4 gameweeks, ocupando o 7º lugar só atrás de grandes nomes como Özil, Payet, Eriksen, De Bruyne e Sánchez. Em igual período surgem 5 GA e 3 SoT (1 golo) – muito bom se tivermos em conta apenas o quinteto referido acima, onde só Payet sobressai com 6 SoT.

Destaque para as recepções às duas piores defesas das últimas 4 jornadas, Norwich e Bournemouth, com 11 e 13 golos sofridos respectivamente. Ocupam também a liderança na categoria de big chances conceded com 14 e 15.

KONÉ £4.8m (5.8%) 
whu - AVL - bou - CPL - nor - LEI - new - STO - TOT

O africano loiro do Everton tem aquela stat que me faz acreditar que o Roberto Martínez não o voltará a deixar fora do onze titular tão cedo. Não. Não estamos em modo chasing points

É simples, o outro ponta-de-lança "africano", o belga, possui um set fantástico de 6 golos e 4 assistências, mas só 1 desses golos foi marcado sem o seu compadre Aruna Koné on the pitch. E sim, é verdade, todas as 4 assists de Lukaku foram para golos de Koné! O Roberto deve estar aware. Um precisa do outro...

Para quem quer aproveitar o seu estatuto de real differential, as próximas 7 rondas oferecem confrontos com 5 das piores 7 defesas do campeonato. Aqui, mais do que stats, o necessário é mesmo um aumento nos minutos jogados para este atleta costa-marfinense. Tal como Ighalo um excelente candidato a uma das três vagas ofensivas, especialmente para os que irão acomodar Agüero brevemente.