O cantinho da Mágica
18
Set

2014

Abstinências

Por Bernardo Sousa

 

E ao quarto jogo do campeonato continuamos a zeros na coluna da esquerda.

Dois pontos conquistados em 12 possíveis, empates em casa, derrotas fora. Depois de duas semanas de ausência volto a este espaço, porque por definição não gosto de falar daquilo que não vi... por este ou aquele motivo (trabalho, trabalho ou falta de transmissão televisiva) não pude acompanhar devidamente os jogos do Funchal (derrota 2-1) e o empate televisionado a 1 golo contra o Vitória de Setúbal no regresso da febre de sexta feira à noite ao Estádio Cidade de Coimbra.

Assim de repente, e olhando para os resumos dos jogos saltam dois nomes à vista: “El Tronco” Rafael Lopes, na medida em que não é humanamente possível um avançado ter só um golo marcado com tanta oportunidade de finalização que este jovem já dispôs nas contendas até agora disputadas; e Richard Ofori, lateral esquerdo de inegável talento para o atletismo mas cujos dons com uma bola devem ter sido perdidos algures no caminho entre o Gana e Coimbra. A sério, que jogador fraco, fraco, fraco...

 

Falando do jogo do Bessa em concreto... malta, ninguém perde com o Boavista!!! Com este Boavista mais especificamente... uma equipa que precisa que os golos sejam marcados pela equipa contrária não é digna de uma 1ª Divisão, mas pronto, quais bons samaritanos lá demos 3 pontinhos aos miseráveis, atirámos ao lixo a oportunidade de sair da 2ª metade da tabela e lá voltamos nós à senda da mediocridade.

Sim, porque perder no Funchal é aceitável, acontece, são coisas da vida... empatar com o Vitória é outro resultado normal, jogo equilibrado com resultado justo. Agora perder com uma equipa do nível de um Campeonato Nacional de Seniores é que não... eu quero ainda acreditar que vamos fugir à mediocridade, que vamos fazer golos nas oportunidades que dispomos, que até têm sido algumas e por isso vou lançar uma petição online: “nós precisamos de um não-Rafael Lopes a ponta-de-lança na Briosa”. Espero que seja um projecto com pernas para andar e que mude a fortuna desta equipa atolada em oportunidades desperdiçadas e cujo pecúlio em 4 jogos se resume a 3 golos marcados...

Paulo, a sério, assina esta petição...

 

O próximo jogo, escusado dizer é mais um que temos obrigação de ganhar se queremos sair da posição em que estamos, por duas ordens de motivo: 1º o Estoril joga na 5ª feira e deve surgir no Cidade de Coimbra fatigado pelo jogo com o PSV; em 2º lugar este Estoril não é o mesmo da época passada... a única coisa que se mantém é mesmo o horário patético: 20 horas de 2ª feira, e vão 2 os jogos no Cidade de Coimbra esta época à sexta ou à segunda feira! Viva o nosso futebol!

Uma boa semana a todos,
Bernardo Sousa