Curva Belíssima
15
Nov

2013

A derrota no derby uma semana depois

Por Luís Pires

 

Vem tarde e a más horas. E a desculpa até podia ser o tempo de luto com a derrota. Mas não é. A verdade no passado fim-de-semana estive longe da civilização e só no a meio desta semana consegui ver a repetição do derby.

 

Tentando ser curto e grosso (até porque não faz sentido remexer mais no assunto):

  - A primeira parte é toda do Benfica, com excepção da excelente jogada que resulta no golo do Capel. A segunda parte começa novamente com o Benfica em cima e o Sporting só se liberta a partir dos primeiros 10 minutos. A partir daí veio a parte mais emocionante do jogo, a choverem ataques de ambas as equipas. O Sporting esteve por cima nessa fase.

  - Depois veio o prolongamento e só deu Benfica. Culpa de um golo logo a abrir que não devia ter acontecido e de uma expulsão de um jogador que teima em ver-se como um Ricardo Carvalho e não joga mais que um Paulo Turra.

  - A vitória do Benfica é justa. O Duarte Gomes é fraco, muito fraco. Há um penalty do André Almeida que podia ter influência no resultado. Esse é o único erro claro para mim, dispenso o fora-de-jogo do Cardozo e o outro lance em que o Sporting pede penalty sobre o Montero. Mesmo sendo só um, tem influência no resultado.

 

Mas o Sporting não perde pelo árbitro. Perde pela diferença de valor das equipas. E é literalmente “valor”, daquele que se conta em euros. Ao contrário do nosso presidente, mantenho a coerência com o que venho defendendo desde o início da época. A saber:

 1 – o Sporting está em reconstrução e não é candidato a títulos;

 2 – O Sporting tem um plantel muito mais barato, queremos é fazer o nosso melhor jogo a jogo, sabendo que não temos equipa com o poderio de Benfica e Porto;

 3 - Só com equipas grandes é que erros graves do árbitro podem ditar um resultado, contra equipas menores o Sporting tem mais é de ganhar de qualquer forma.

 

O Benfica é um grande e, por isso, um erro pode fazer a diferença.E o Duarte Gomes é fraquinho que dói e não se percebe como continua a apitar na primeira liga. Mas não vou falar de arbitragem quando fiquei calado quando já esta época fiquei calado quando eram a nosso favor. Bruno Carvalho devia fazer o mesmo.

Estamos fora da Taça. Paciência. Foi um bom jogo, batemo-nos bem perante uma equipa com muito mais estaleca. Siga o próximo jogo. E é contra o Guimarães. É um jogo fundamental porque, por um lado, o Sporting precisa urgentemente de ganhar, para evitar a conotação de “crise” que começará a ser criada pelos jornais. Por outro, vai ser muito difícil o vencer o Guimarães...

Pensei falar sobre o Rojo. Mas ele é tão mau, mas tão mau, que nem merece o esforço. Mudei de ideias: consegue ser pior que o Maurício. É mandá-lo embora e ir buscar putos à equipa B.

 

PS – Hoje joga o REInaldo. Se os outros não atrapalharem muito, é menino para enfardar os suecos. Eu acredito.