A Selecção
12
Jun

2014

WC2014 - Grupo A

Por 11para11

 

Começa hoje, finalmente, o muito aguardado Mundial de Futebol. Ao longo dos próximos dias, e há medida que as equipas forem entrando em cena, vamos lançar uma série de apreciações acerca de cada grupo, desde aprendizes a pretendentes, contando para tal com o olho clínico do nosso painel de escritores.

 

1. Quem segue em frente no Grupo A?

Bernardo Sousa (O Cantinho da Mágica) - Brasil e México. Acho que a Croácia se vai perder em fintas.

José Miranda (A Selecção) - Brasil e Croácia. Acho os modelos de Camarões e México demasiado limitados para se oporem à qualidade croata. O único entrave a esta previsão é a fraca defensiva croata, mas a capacidade no último terço acabará por compensar.

Tiago Quartilho (Papoilas Saltitatantes) - A resposta mais óbvia seria Brasil e Croácia mas vou no México para passar em segundo. Se o apuramento do Brasil é mais ou menos garantido (até por motivos extra-futebol que afloro mais à frente) o segundo lugar está completamente em aberto, e penso que os restantes jogos serão muito equilibrados. Preferia que passasse a Croácia que certamente vai apresentar um futebol mais atractivo com Rakitić e Modrić no miolo, mas a combatividade dos mexicanos pode levar a melhor, sendo inclusive quem vejo a ter mais hipóteses de roubar pontos à equipa da casa, o que poderá ser decisivo nas contas do grupo

O Tubarão - Brasil e México. Os mexicanos têm um recorde muito interessante em fases de grupo e, apesar desta “tri color” ser das mais fracas de que me lembro, aposto no pedigree histórico.

 

2. Qual será a maior surpresa?

BS - Num grupo tão equilibrado qualquer coisa que não seja uma vitória do Brasil nos 3 jogos será uma surpresa.

JM - Se os brasileiros não exigirem a cabeça de Scolari depois de uma vitória tangencial, sofrida e sem brilho do Escrete sobre a Croácia, ficarei muito surpreendido.

TQ - México pelo que disse acima. Penso que vai passar e até pode roubar pontos ao Brasil. Noutro registo, a dificuldade do Brasil em ganhar os seus jogos naquele estilo Scolari que bem conhecemos.

T- O falhanço da Croácia em transformar a qualidade que tem no meio campo e ataque em golos…e pontos.

 

3. E qual será a desilusão?

BS - A desilusão será entre 3 equipas: México, Croácia e Camarões. Qualquer uma das 3 que não se qualifique ficará a pensar no que poderia ter sido...

JM - Daniel Carriço. Em casa. A ver a festa do apuramento da Croácia. À sevilhana. (Sim, sim. Ainda não passou...)

TQ - Croácia, porque não vai passar apesar de um 11 cheio de talento. O futebol bonito e com perfume só resulta na teoria e nestas competições a garra e a capacidade defensiva são tanto ou mais importantes. Já não estamos em 94-96...

T - O Brasil não ser eliminado.

 

4. Este Grupo merece a minha atenção porque...

BS - Porque podemos ver o quanto a qualificação do México passou ou não de mera fortuna (yes New Zeland, I'm thinking of you...)

JM - Vai ser engraçado ver até que ponto é condicionada a selecção mexicana por ser essencialmente composta por jogadores que evoluem na sua pátria. A falta de experiência de topo ao longo de todo o plantel poderá ser o principal handicap dos centro-americanos, que continuam a ser fortes nas camadas jovens mas frágeis na transicção para séniores.

TQ - Para começar porque é o primeiro a arrancar e onde vamos ter os primeiros estádios por acabar. A ver vamos se todos os jóia se irão disputar nos estádios originais. E mesmo que o consigam certamente que vamos ter estádios inaugurados "à Colombo". Depois e mais importante é a carreira do Brasil. Penso que o sucesso e insucesso da competição está muito ligada ao que os pupilos de Scolari conseguirem fazer em campo. Enquanto o Brasil ganhar pode ser que a contestação diminua é a segurança se mantenha. Caso o escrete seja eliminado cedo, não sei não...

T - Tentar perceber se o Brasil, nos três primeiros jogos, consegue arrancar aquela onda de entusiasmo tão importante neste tipo de provas, especialmente para o país anfitrião.

 

5. Quem é o jogador a não perder no Grupo A?

BS - Ivan Rakitić, a tentar justificar os milhões que o Barcelona se prepara para pagar por ele... 

JM - Chicharito Hernández. Depois de mais um ano a marcar passo no Man United, de certeza que aproveitará o Mundial para se relançar aos olhos de outros clubes. O facto de ser um dos meus pontas-de-lança preferidos (de uma lista de cerca de 200) também ajuda.

TQ - Neymar. Não pode ser outro. Um dos três jogadores mais mediáticos e espectaculares do mundo, a jogar um Mundial em casa com uma equipa muito forte e equilibrada por trás... Com a sua idade tem números muito melhores que Ronaldo ou Messi.

T - Fred. O mais fraco ponta de lança titular num Brasil “mundialista” (desde 86) acaba a primeira fase a titular?